04/06/16

Plectros e outros poemas, de Ibrantina Cardona

Para baixar o livro gratuitamente, clique na imagem e selecione-o em: 
---
Disponível provisoriamente em "Google Drive", no link abaixo:


---

Ave Maria

Tarde de Agosto. Ao longe, o horizonte esmorece
na agonia do sol; e sobre a terra ungida
de tristeza se estende o crepúsculo. Desce
silente a noite; cessa o bulício da rida.

Num mórbido langor, toda terra abatida
parece meditar; aos poucos, se entristece
a humanidade. Paira em tudo a indefinida
mudez, e, em misticismo envolta, sebe a prece.

Das nuvens através, lua religiosa
espia... Há pelo espaço angústias de noivado...
Há saudades da amante ausente e lacrimosa...

E o "Angelus" austero ecoa, compassado
como um dobre de morto; ecoa... e, suspirosa,

minh’alma se ajoelha ante o altar do passado...

Nenhum comentário:

Postar um comentário