07/06/14

No Princípio das Palavras, de Iba Mendes

 No Princípio das Palavras, de Iba Mendes
Para baixar este livro gratuitamente em formato PDF, acessar o site  do “Projeto Livro Livre”: http://www.projetolivrolivre.com/
(
Download)
Os livros estão em ordem alfabética: AUTOR/TÍTULO (coluna à esquerda) e TÍTULO/AUTOR (coluna à direita).


---
ORIGEM DE ALGUNS RITMOS MUSICAIS
BAIÃO (ou BAIANO) - É uma dança nordestina e de caráter popular, surgida por volta de 1946. Caracteriza-se pelo seu movimento improvisado, com sapateados e estalos de dedos.
BATUQUE - Trata-se de uma dança popular. Ao pé da letra, significa “ação de batucar, de martelar frequentemente.”
BOLERO - Surgido no fim do século XVIII, mui provavelmente na Espanha, o BOLERO é caracterizado por suas letras bastante sentimentais e pelo seu ritmo elegante. Entre algumas das definições sobre a origem da palavra “bolero”, há quem afirme que vem de umas “bilinhas” usadas pelas “boleras”, dançarinas ciganas.
CATERETÊ - De origem ameríndia e tipicamente rural, o CATERETÊ consiste em cantos, sapateados e palmas sob o som de viola. A influência das danças africanas parece de fácil vislumbre.
CHULA - Dança popular do Norte de Portugal, de andamento vagaroso, com canto acompanhado por rabecas, violas, guitarras e percussão (Houaiss).
COUNTRY - Originária das cidades americanas de Nashville e Santa Fé, no começo do século XIX, caracteriza-se pelo uso de instrumentos tais como violões, banjos, bandolins e rabecas.
ELECTRO - Conhecido também por TECNOFUNK, tal ritmo faz uso de efeitos de dub e mixagem, sendo o mais comum o SCRATCHING, que consiste numa percussão obtida segurando-se o disco sobre o prato, num movimento de ida e volta, realizado com a mão.
FANDANGO - Dança popular a três tempos e sapateada, de uso na Espanha, Portugal e Brasil (Dicionário Michaelis).
FOLK - Música folclórica caracterizada, nos Estados Unidos, pelo uso da gaita e do violão; e, na Inglaterra, pelo uso de harpas, violinos, bandolins, gaita de fole etc.
FORRÓ - O famoso “arrasta-pé” é caracterizado principalmente pelo uso da sanfona ou acordeão. Segundo estudiosos, o FORRÓ é uma mistura de ritmos africanos, europeus e indígenas. O maior representante do forró foi Luiz Gonzaga, o conhecido “rei do baião”. Etimologicamente, há quem afirme tratar-se de uma redução forrobodó (baile popular).

HEAVY METAL - Ao pé da letra, significa “metal pesado”. O termo baseia-se no livro “The New Express”, do escritor William Burroughs. O HEAVY METAL caracteriza-se pela ferocidade de seu ritmo.
JAZZ - Surgiu por volta do ano 1840, na América do Norte. Sua principal característica é a improvisação. Há quem afirme que o JAZZ foi inspirado no ritmo do vodu africano.
LAMBADA - Originária do Belém do Pará, a LAMBADA é uma adaptação do Carimbó, com influência do zouk, a salsa e o merengue e vários outros ritmos da América Central. Em termos linguísticos, significa “lapada, paulada, sova, tunda”.
MAMBO - Originárias da América Central, especificamente em Cuba, a dança e música MAMBO foi inspirada em ritmos afro-cubanos, de influência dos cultos religiosos de Congo (África).
MAXIXE - Nascida no Brasil, o MAXIXE é uma dança popular, requebrada e de visível sensualidade.
MERENGUE - Originária da Republica Dominicana, caracteriza-se pela rapidez e malícia do ritmo, no qual o dançante ou dançador mexe o quadril de um lado para o outro.
MINUETO - Dança francesa, de compasso ternário, originária do Poitou, cuja característica é o perfeito equilíbrio dos movimentos.
PAGODE - Surgido na década de 90, do século passado, o PAGODE caracteriza-se pelo seu andamento bastante simplificado, apresentando alguns traços do “choro”. Vale ressaltar que entre alguns povos pagãos da Ásia, “pagode” é um templo.
POLCA - Originária da Boêmia, a POLCA é um tipo de dança animada a dois tempos. Vem do francês polka.

QUADRILHAS - De origem européia, a QUADRILHA surgiu no Brasil no começo do século XIX. Caracteriza-se pelo seu traço tipicamente caipira ou rural, em que os participantes, em diversos pares, desfilam com ruidosa alegria. Há quem diga que a QUADRILHA pela Igreja Católica de antigos cultos pagãos ao fogo.
REGGAE - Originário da Jamaica, o REGGAE é uma mistura do rhythm-and-blus e soul music. Tem como principal representante o falecido cantor Bob Marley. Há quem associe o REGGAE com uma divindade conhecida por Jah.
ROCK - Termo originário do inglês rock and roll, música popular originada nos Estados Unidos, na década de 50. Surgiu a partir da mistura de elementos da música negra (rhythm and blues), com a dos brancos (country). Entre os artistas que criaram o rock, destacam-se Bill Haley, Buddy Holly e Elvis Presley (Nova Enciclopédia Ilustrada Folha).
SAMBA - Dança popular brasileira, de origem africana, com variedades urbana e rural, cantada e muito saracoteada, compasso binário e acompanhamento obrigatoriamente sincopado, que se tornou dança de salão universalmente conhecida e adotada (Dicionário Michaelis). O SAMBA surgiu nos morros Rio de Janeiro. Há quem diga a palavra SAMBA é uma corruptela de “semba”, que, na macumba carioca, diz respeito à mulher que ocupa cargo na hierarquia sacerdotal, equivalente à “mãe de santo”.
SWINGUE - Do inglês “swing”, que significa “balanceio, balouço”. Surgiu na década de 40 do século passado, na América do Norte. É um tipo de dança muito sensual.
TANGO - De origem hispano-americana, o TANGO, que nasceu sob influência da POLCA, é o tipo de dança na qual o casal se abraça para dançar. Para alguns estudiosos da música, o TANGO foi inspirado em variados ritmos africanos.
VALSA - Originária da Alemanha e Áustria, a valsa consiste numa dança de roda lenta, moderada ou rápida, em compasso ternário. Por causa do contato que se dá entre o casal que dança, a valsa chegou a ser proibida em tempos passados. Em nossos dias é comum dançar-se valsa em festas (casamentos, formaturas etc.).
VANERÃO - É uma versão do FORRÓ para a região sul do Brasil.
VODU - Tal ritmo baseia-se num culto de origem africana, praticado nas Antilhas, que tem certa relação com a macumba praticada no Brasil.

XOTE - Surgido no fim do século XIX, na Hungria, o XOTE caracteriza-se pela semelhança de seus passos com a POLCA.


---
Fonte:
Iba Mendes: "No Princípio das Palavras". Poeteiro Editor Digital. São Paulo, 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário